Vídeo flagra ladrão em cima de caminhão durante assalto no Rio



Um motorista de caminhão e dois ajudantes ficaram sob a mira da arma de criminosos em Barros Filho, na Zona Norte do Rio, durante uma tentativa de roubo de carga na manhã desta quarta-feira (20).

Imagens do Globocop mostraram um dos bandidos pendurado na janela do veículo ameaçando os ocupantes com uma arma, enquanto o comparsa, em uma moto, escolta o caminhão por ruas da comunidade.

Os ladrões percebem a presença da Polícia Militar na região e acabam fugindo de moto para o interior da comunidade. O motorista do caminhão segue até o local onde a PM fazia uma patrulha e pede ajuda aos policiais.

Poucos minutos depois, o Globocop flagra outros criminosos dirigindo um caminhão roubado por ruas do Complexo da Pedreira, em Costa Barros. O veículo, em alta velocidade, passa por diversas ruas da comunidade e, em seguida, um criminoso chega a pular do caminhão ainda em movimento.

Os assaltantes param em uma área aberta da comunidade, onde um outro caminhão roubado já estava estacionado.

Por volta das 7h, policiais militares chegaram ao local onde os dois caminhões foram abandonados e começaram a fazer uma operação na região.

De acordo com o porta-voz da Polícia Militar, coronel Mauro Fliess, através de uma operação criada pelo comandante do 41°BPM, chamada “Passa Nada”, carros da polícia ficam em pontos estratégicos, principalmente nas entradas das comunidades, para evitar a entrada de carga roubada nessas comunidades.

“O secretário assumiu esse compromisso de aumentar a ostensividade em vias expressas. A corporação tem se esforçado bastante e isso vai melhorar com a chegada de novas viaturas, efetivo se formando, isso vai ser aplicado essa área de maior mancha criminal. É ali que iremos atuar para reduzir ainda mais esses números e essas cenas lamentáveis. Isso acontece porque existem pessoas que se dizem de bem, mas se arvoram em comprar carga roubada e não têm nem escrúpulos em pagar um pouco menos e fomentar esse crime que muito afeta o nosso estado”.

Leia mais no G1

    Compartilhe: