Presidente do SINDUSCON-PB contradiz nota de repúdio contra João Azevedo

Presidente do SINDUSCON-PB contradiz nota de repúdio contra João Azevedo

Em nota, o Presidente do SINDUSCON-PB, Hélder Campos Pereira esclareceu que não reconhece participação em publicação repudiando do Governo do Estado.

Confira:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Presidente do SINDUSCON-PB, Hélder Campos Pereira, vem a público manifestar sua estranheza na utilização do nome  e logomarca do SINDUSCON-PB em uma nota apócrifa, que foi veiculada hoje e destoa de tudo que é defendido pela sensatez neste momento de crise. Todas as medidas que o SINDUSCON-PB adota são discutidas com a diretoria da Instituição e sempre adotamos uma postura uníssona com a Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, órgão deliberativo superior ao qual o SINDUSCON-PB está vinculado e que também teve sua logomarca utilizada de forma não autorizada e por isso irresponsável. 

Não vivemos um momento propício para altercações entre o setor produtivo e o setor público, muito pelo contrário temos que manter a união para enfrentarmos o inimigo comum que é o Coronavírus. Quem prega o contrário é desprovido de espírito público e não merece quaisquer créditos. 


Por fim, reafirmamos nossa parceria com o setor público para o enfrentamento dessa pandemia e esperamos que tal fato não volte a se repetir, pois além de desviar nossa atenção do que realmente importa, faz com que tenhamos desgastes desnecessários de força e de tempo, que bem poderiam ser utilizados no combate à pandemia. Nunca na história da humanidade tivemos uma cooperação dessa monta e nós que fazemos o SINDUSCON-PB somos parte dessa cooperação. 

Helder Campos Pereira

PRESIDENTE DO SINDUSCON-PB

    Compartilhe: