PB: começa distribuição de testes rápidos para detecção do coronavírus

PB: começa distribuição de testes rápidos para detecção do coronavírus

Os testes rápidos para detecção do coronavírus começam a ser distribuídos nesta segunda-feira (6), na Paraíba. Um total de 8.870 testes foram recebidos pelo Estado por parte do Governo Federal.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, os testes estão sendo distribuídos aos municípios. Os trabalhadores de saúde serão priorizados a usarem o teste, que identifica com mais agilidade a contaminação ou não pelo vírus e pode confirmar a Covid-19 em 15 minutos.

Para decidir quem irá realizar os testes, todo setor de Recurso Humanos dos serviços de saúde devem ter preenchido um formulário online, disponibilizado até o sábado (4), informando quem está afastado desde o dia 31 de março. A secretaria vai, portanto, avaliar os sintomas e indicar quem deve realizar o teste.

As equipes de segurança, que estão fazendo a proteção nas ruas, também terão acesso aos primeiros testes rápidos, também para garantir a capacidade de resposta deles ao combate do 

Segundo a secretaria, os testes rápidos são diferentes do método laboratorial e funciona de outra maneira. É feita uma coleta de uma amostra de sangue, semelhante ao teste de glicemia. Após retirada do sangue, ele é coletado com um pipeta e colocado em uma plataforma de plástico. Se aparecerem dois traços, o resultado é positivo para Covid-19.

Leia mais no Os testes rápidos para detecção do coronavírus começam a ser distribuídos nesta segunda-feira (6), na Paraíba. Um total de 8.870 testes foram recebidos pelo Estado por parte do Governo Federal.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, os testes estão sendo distribuídos aos municípios. Os trabalhadores de saúde serão priorizados a usarem o teste, que identifica com mais agilidade a contaminação ou não pelo vírus e pode confirmar a Covid-19 em 15 minutos.

Para decidir quem irá realizar os testes, todo setor de Recurso Humanos dos serviços de saúde devem ter preenchido um formulário online, disponibilizado até o sábado (4), informando quem está afastado desde o dia 31 de março. A secretaria vai, portanto, avaliar os sintomas e indicar quem deve realizar o teste.

As equipes de segurança, que estão fazendo a proteção nas ruas, também terão acesso aos primeiros testes rápidos, também para garantir a capacidade de resposta deles ao combate do 

Segundo a secretaria, os testes rápidos são diferentes do método laboratorial e funciona de outra maneira. É feita uma coleta de uma amostra de sangue, semelhante ao teste de glicemia. Após retirada do sangue, ele é coletado com um pipeta e colocado em uma plataforma de plástico. Se aparecerem dois traços, o resultado é positivo para Covid-19.

Leia mais no PB Agora

    Compartilhe: