Ex-presidente da Vale e mais 15 executivos viram réus por Brumadinho

Ex-presidente da Vale e mais 15 executivos viram réus por Brumadinho

A Justiça em Minas Gerais acatou nesta sexta-feira (14) a denúncia do Ministério Público mineiro contra 11 executivos da Vale, inclusive o ex-presidente Fábio Schvartsman, e cinco funcionários da Tüv Süd. Eles são acusados de homicídio doloso duplamente qualificado e crimes ambientais causados pelo rompimento da barragem de Brumadinho, que levou à morte de 270 pessoas — 11 das quais ainda não foram encontradas.


POLÊMICA PARAÍBA

    Compartilhe: