Em sessão com ministro, Pedro critica corte de verbas

Em sessão com ministro, Pedro critica corte de verbas

O deputado federal e presidente da Comissão de Educação na Câmara, Pedro Cunha Lima (PSDB), criticou a decisão do corte de verbas em instituições federais. A sessão acontece nesta quarta-feira (15) e conta com a presença do ministro da Educação, Abraham Weintraub.



O deputado afirmou que o país não tem espaço para fomentar guerra ideológica. “Temos problemas muito sérios para achar que o colapso educacional do nosso país é Paulo Freire”, frisou.




“Para falar sobre a atratividade da carreira do professor, evasão escolar, formação e valorização do professor, creches inacabada, sobre o FUNDEB [Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica pra resolver nosso déficit de aprendizagem, a comissão da educação e seus membros quer contribuir”, concluiu o deputado.




Ainda segundo o deputado, a Comissão da Educação fará resistência ao ‘revanchismo ideológico’. “Para se inserir em uma guerra ideológica, em uma polarização que busca um revanchismo ideológico pra instrumentalizar o MEC pra esse segmento e esse propósito especifico que joga uma fumaça nos nossos problemas reais, aí a comissão da educação não vai conseguir deixar de cumprir o seu papel de fazer resistência”, ressaltou Cunha Lima




O ministro da Educação rebateu.  “Concordo com o senhor, mas não tem revanche ideológica nenhuma”.
MaisPB

    Compartilhe: