CMCG realizará sessão conjunta com a ALPB para tratar sobre prevenção a acidentes

CMCG realizará sessão conjunta com a ALPB para tratar sobre prevenção a acidentes

O vereador João Dantas (PSD) propôs em parceria com o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), a realização de uma Sessão Especial conjunta entre a Câmara Municipal de Campina Grande e a Assembléia Legislativa da Paraíba alusiva a campanha “Abril Verde”, mês dedicado à prevenção de acidentes de trabalho.

A Sessão Especial acontecerá na próxima quarta-feira (24), às 10 horas da manhã no plenário da Câmara Municipal de Campina Grande e contará com a presença do procurador do Trabalho, Dr. Raulino Maracajá, da coordenadora do CEREST, Ana Carla Souto Maior, do superintendente da STTP, Dr. Félix Neto, além de vários agentes envolvidos na campanha no âmbito municipal e estadual.

No Brasil a cada 48 segundos acontece um acidente de trabalho e a cada 3h38 um trabalhador perde a vida pela falta de uma cultura de prevenção à saúde e à segurança. O Ministério da Fazenda, por sua vez, pontua que, apenas entre 2012 e 2016, 3,5 milhões de casos de acidentes de trabalho foram registrados nos 26 estados do país e no Distrito Federal.

João Dantas destacou o trabalho do CEREST durante todo o mês de abril, ressaltando que foram reforçadas as ações da campanha de prevenção a acidentes de trabalhos com os servidores municipais, principalmente com os trabalhadores da limpeza urbana, coveiros, auxiliares de serviços gerais e profissionais das UBS – Unidade Básicas de Saúde. “A Sessão será marcada pela passagem simbólica da campanha “ABRIL VERDE” para o “MAIO AMARELO”. Explicou Dantas.

Já para o deputado estadual Tovar Correia Lima, o movimento Abril Verde é de grande relevância, por se tratar de uma iniciativa popular que tem como objetivo conscientizar a sociedade brasileira sobre a importância da segurança do trabalho. “Pretendemos discutir temas como problemas como a subnotificação das doenças, acidentes e mortes relacionados ao trabalho, além da reintegração no mercado de trabalho após o acidente”, destacou.

Leia mais no Página 1

    Compartilhe: