Bares e restaurantes anunciam medidas para tentar reabertura

Bares e restaurantes anunciam medidas para tentar reabertura

O setor de bares e restaurantes lançou nesta segunda-feira (18) propostas para retomar as atividades. Os estabelecimentos deverão passar por uma série de cuidados e diversas transformações para criar um ambiente seguro para os seus clientes. Por enquanto, esses estabelecimentos continuam fechados de acordo com decretos publicados e válidos para toda a Paraíba.

O setor foi um dos mais afetados pela pandemia provocada pelo novo coronavírus. Segundo dados já divulgados pelo Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação de João Pessoa (SEHA-JP), houve queda de mais de 80% no faturamento do segmento comparando os meses de janeiro a abril deste ano, além de demissões que ultrapassaram a casa dos 1 mil.

“Seguindo protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS) e autoridades em saúde nacionais e internacionais, o reforço das medidas preventivas de cuidado e higiene serão prioridade na retomada das atividades. Para evitar a disseminação do coronavírus e manter o padrão de qualidade nos atendimentos, os bares e restaurantes farão adaptações internas”, disse o sindicato.

As mudanças incluem redução da quantidade de mesas e cadeiras para diminuir o número de pessoas dentro dos salões; distanciamento entre mesas e cadeiras com espaçamento de 1 metro entre cadeiras e 1,5 metro entre mesas; treinamento à equipe de colaboradores para reforço nos procedimentos de higiene na cozinha; utilização de equipamentos de proteção individual (máscaras e luvas descartáveis) para colaboradores e disponibilização de pontos de álcool em gel para funcionários e clientes.

As transformações no setor também pedem atenção ao distanciamento de 1 metro entre pessoas nas filas de entrada para o pagamento; uso de cardápio plastificado; oferta de talheres em embalagens individuais e, no caso dos restaurantes por quilo, a disponibilização de álcool em gel à vista para que o cliente possa higienizar as mãos e se servir com segurança.

“Os empresários também estão investindo em estratégias de marketing digital e reinventando seus negócios. A tendência é que o delivery seja cada vez mais aprimorado, com reforço na higienização e o incentivo ao pagamento online, para reduzir o tempo de espera do cliente e entregar os produtos de acordo com a comodidade de cada pessoa”, afirmou o sindicato.

Em toda a Paraíba

Isolamento fica mais rígido e alcança agora todas as cidades da PBO governador João Azevêdo (Cidadania) assinou o decreto 40.242, no dia 16 de maio, prorrogando o isolamento social até o dia 31 de maio e ampliando as medidas restritivas, que agora passam a vigorar em todos municípios paraibanos, independente do registro de casos confirmados da Covid-19.

João Pessoa

PMJP prorroga medidas restritivas por mais 15 dias

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, informou, no dia 15 de maio, que os decretos com as medidas restritivas já adotadas na cidade serão prorrogados por 15 dias. Sendo assim, o comércio segue temporariamente fechado, a exemplo de shoppings, cinemas, academias, salões de beleza, bares e restaurantes. Apenas os serviços essenciais ficam abertos.

Campina Grande

Suspensão das aulas em Campina é prorrogada até 1° de junho

A volta às aulas na rede de ensino municipal de Campina Grande continua suspensa e o retorno às atividades está previsto para o dia 1° de junho, o decreto foi definido em reunião feita pelo prefeito Romero Rodrigues (PSD), no dia 5 de maio.

Romero não vai flexibilizar abertura do comércio em CG

Em um balanço divulgado no dia 13 de maio, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), afirmou que não pensa em flexibilizar as medidas de combate ao novo coronavírus, como por exemplo, a abertura do comércio na cidade.

Cabedelo

Prefeitura de Cabedelo prorroga medidas de isolamento

A Prefeitura Municipal de Cabedelo, na Grande João Pessoa, emitiu um novo decreto no dia 15 de maio, no qual prorroga medidas de segurança e prevenção à Covid-19 no município. Acesso a praias e praças está vedado e aulas, expediente presencial e visitas ao Parque do Jacaré continuam suspensos.

Patos

Novo decreto amplia isolamento em Patos e pode aplicar multas

O prefeito interino Ivanes Lacerda, de Patos, no Sertão da Paraíba, assinou o decreto Nº 024/2020, no último domingo (17), estabelecendo situação de emergência no município e definindo outras medidas para enfrentamento da pandemia decorrente do novo coronavírus, além de outras providências. Dentre os principais pontos estão a suspensão da atividade da construção civil e proibição de atividades físicas em praças.
Leia mais no Portal Correio    

    Compartilhe: