Alça Sudoeste da BR-230 concentra maior parte dos acidentes de trânsito de CG

Alça Sudoeste da BR-230 concentra maior parte dos acidentes de trânsito de CG

A alça Sudoeste da BR-230 e a Avenida Floriano Peixoto estão entre os locais com maior risco de acidentes de trânsito em Campina Grande, de acordo com levantamento realizado pela Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) da cidade.

De acordo com o superintendente da STTP, Félix Neto, os acidentes de moto são os mais frequentes na cidade, representando 79,5% do total de acidentes em 2019, conforme matéria publicada pelo ClickPB. Os locais onde mais ocorrem esses acidentes são a alça Sudoeste da BR-230 e as avenidas Floriano Peixoto, Almirante Barroso, Assis Chateaubriand e Almeida Barreto.

Os cruzamentos mais perigosos são o do acesso sudoeste da BR-230 com a Avenida Juscelino Kubitscheck e também com a Avenida Francisco Lopes; a Avenida Almeida Barreto com a Pedro I e a Avenida Almirante Barroso com a Juscelino Kubitscheck.

Já para os pedestres, as áreas mais perigosas são as do Centro, Liberdade, Bodocongó e Catolé, bairros que concentram a maior parte dos atropelamentos registrados em 2019. De acordo com Félix Neto, 67% das vítimas de atropelamento foram homens, a maior parte deles na faixa etária entre 35 e 49 anos.

Leia mais no ClickPB

    Compartilhe: