Advogado prepara defesa de Coriolano: “já identificamos irregularidades”

Advogado prepara defesa de Coriolano: “já identificamos irregularidades”

O advogado de defesa de Coriolano Coutinho, Ademar Rigueira, explicou nesta sexta-feira (21), durante entrevista para uma emissora de rádio de João Pessoa, a soltura de seu cliente, que é irmão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB).




– Os fundamentos que foram trazidos para o ex-governador se aplicaram ao senhor Coriolano, e então nós fizemos o pedido de extensão. Como o habeas corpus dele já estava pronto para ser julgado, já tinha parecer do Ministério Público, a ministra Laurita preferiu julgar monocraticamente o habeas corpus – disse.




Coriolano Coutinho foi solto nessa quinta-feira (20) após decisão da ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça.





O advogado disse ainda que a ideia agora é ficar atento em relação à defesa, porque o prazo está aberto para responder à denúncia, e adiantou, sem especificar, que já foi identificada “uma série de irregularidades na investigação”.




Coriolano Coutinho estava preso desde dezembro de 2019 na Penitenciária de Segurança Média, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.





Conforme o Ministério Público da Paraíba (MPPB), ele era integrante do núcleo financeiro da organização criminosa investigada pela Operação Calvário e um dos principais responsáveis pela coleta de propinas destinadas ao irmão.


Paraibaonline

    Compartilhe: