MPF nega pedido de habeas corpus para Eduardo Cunha

MPF nega pedido de habeas corpus para Eduardo Cunha

O Ministério Público Federal (MPF) na 5ª região, em Pernambuco, negou, nesta sexta-feira, o pedido de habeas corpus para o ex-deputado federal Eduardo Cunha e o ex-ministro Henrique Eduardo Alves, ambos do PMDB. Os réus são acusados dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro de forma continuada.


De acordo com o portal de notícias G1, a defesa de Alves de Cunha havia solicitado a revogação da prisão preventiva ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5). O Ministério Público, Porém, emitiu pareceres contrários á concessão "para evitar a continuidade de práticas ilícitas e assegurar a efetividade da aplicação das leis penais". 

O órgão argumenta ainda que, se solto, o ex-ministro do Turismo poderia manipular eventuais provas de crimes caso fosse solto. Já sobre Eduardo Cunha, o argumento do MPF é de que a acatação do pedido implicaria "em um risco efetivo à ordem pública".

Leia no Diário de Pernambuco.

    Compartilhe: